Sobre ser solteira e conservar princípios

A pergunta era: “Quantas aqui sonham em se casar e construir uma família?” O número era cerca de 99,9℅ das moças e meninas de mãos levantadas, e algumas até gritavam, batiam os pés e se sacudiam de ansiedade. Isso na década de 90. Com a chegada do século XXI esse número começou a mudar gradativamente. E isso é preocupante e eu já vou explicar o porquê. Mas em cada palestra ou reunião de moças que participo, tenho notado esse número desaparecendo cada vez mais e no lugar dos gritinhos assanhados e empolgados agora notamos expressões faciais de repulsa imediatas.

Juntamente com essas reações de repulsa nasceram comportamentos diversos entre as meninas logo cedo. Elas trocaram os bebezinhos da estrela por Barbies com carrões e umbigo à mostra. Trocaram as panelinhas pelo Ken saradão, que vem dar “uns pegas”na Barbie e vai embora sem compromisso algum. E nessa brincadeira elas dirigem empresas e namoram capachos que elas mandam e desmandam. Elas não acham mais atraente a vida dentro de um lar e ter um filho passou a ser sinônimo de estragar o corpo malhado.

“A família é a base para a procriação humana dentro dos princípios de Deus”

A bíblia revela o caráter e o coração do Criador e em toda ela podemos notar o anseio e o propósito de Deus voltado para a família “sede férteis, multiplicai-vos e enchei a terra…” Gn 1:28. Está descrita em toda sua palavra seu amor pela família e certamente a família é um presente do Criador para a humanidade. A família é a base da procriação humana dentro dos princípios de Deus, o Eterno Criador e Senhor.

E é ai onde mora a preocupação!                                                                                           No Japão há um grande temor diante de uma estatística. Em várias pesquisas realizadas entre japoneses de todo o país, mostra que eles preferem cantar em karaokês que fazer sexo. Esse desinteresse do japonês por sexo está preocupando a muitos, pois se continuarem assim dentro de alguns anos o povo japonês estará extinto. Aqui no Brasil isso não é possível. Desse mal não morreremos nem seremos extintos, pois o brasileiro é um povo ” caliente”demais. Porém, o nosso lado preocupante é que mesmo sem interesse por construir e amar uma família e zelar do lar, o “descontrole”da natalidade só cresce e junto cresce o número de crianças abandonadas para adoção e até em latas de lixo, cresce também o número de filhos sem pais e cresce o número de menininhas que abandonaram as panelinhas pelos carrões grávidas e o número de feministas que odeiam “machos” e familia tradicional lutando pelo direito de matar o filho dentro da barriga. O aborto clandestino é outra estatística crescente juntamente com a luta pela quebra dos princípios biblicos que tanto nos protege de números tão assustadores. Eu não vou me estender aos números crescentes de divórcios, consequências de filhos revoltados e procura por tratamento psicológicos.

Cada movimento deveria responder pelas consequências das ideologias que pregam 

A questão que paira é que os movimentos que lutam para destruir princípios, lutam por leis para abrandar as consequências. Como as feministas que pregam o ódio por todo ser do sexo masculino e lutam pelo direito de abortar. Elas engravidam de quem? Já que querem o direito de abortar não somente em casos de estupro. Se pensarmos em cada movimento respondendo pelas consequências de suas ideologias, talvez não haveria ideologias tão agressivas à moralidade. Se o movimento seduz meninas a não serem mães de familia (isso é escravidão para elas) o mínimo que deveriam fazer por essas meninas seria ensiná-las a se guardar. Mas suas ideologias unem revolta e promiscuidade.

Mas o movimento feminista foi apenas um exemplo de mentalidade e quebra de princípios. Quero convidar a cada conservadora solteira que ainda anseia em se casar para refletir sobre sua motivação. Você quer formar uma família? Dentro dos princípios bíblicos ou com sua “esperteza”?                                             Tão preocupante quanto ter uma nação formada por moças que não querem uma família mas engravida, é o número de moças suspirando por um casamento sem compreensão do propósito. Sem um propósito, no fundo, no fundo essas moças estão sonhando com uma bela cerimônia com tapete vermelho para desfilar e com um homem, não com casamento e esposo. Sonham em ter suas carências supridas, seus desejos sexuais realizados sem culpa e com contos de fadas, como se casamento fosse hospital para curar dores. A verdade é que essas moças estão fugindo de si mesmas e correndo o risco de construir um familia tão frustrada quanto a familia com base na imoralidade.

É impossível pular de uma vida de solteira fracassada para um casamento de sucessos

Moça, não fuja de ser solteira. Essa é você! Constituir família é um principio bíblico sim! Mas sua familia e casamento podem depender do que você planta agora. Plante o fruto do Espírito (Gl. 5:22), plante a sabedoria que vem do alto (Tiago 3:17-18), se tiver que plantar em lagrimas para colher com alegria (Sl. 126:6) que seja feito com paciência esperando no Senhor. Plante intimidade com Deus, se alegrando nEle (Sl. 37:4)… É tempo de conhecimento, de observar o que é certo e o que é errado, tempo de aprender a hora de falar e a hora de calar. Silencie-se por um tempo, observe! Olhe para as casadas que constroem coisas boas, as que vale a pena imitá-las, olhe para as tolas e veja o que não deve fazer. Plante!!! Não é seu tempo de viver de namoro e curtição. Não se iluda de pular de uma vida de solteira fracassada para um casamento de sucesso. Esse é o seu tempo! O tempo que te dar tempo de escolher fazer a coisa certa, de observar o caminho certo para não estar encalhada em um casamento errado, isso sim é ser encalhada.             A solterice é o tempo do privilégio de escolher fazer o que é certo! É o tempo de dizer: Ainda é tempo de dar certo. Por isso não fuja de ser solteira enquanto você ainda é essa solteira e muito além de uma bela cerimônia você terá um matrimônio. 

 E bem quisera eu que estivésseis sem cuidado. O solteiro cuida das coisas do Senhor, em como há de agradar ao Senhor; 1 Cor 7:32  

Forte abraço e LEVANTE-SE E PLANTE MENINA!

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s