Minha paixão por um imoral

Acredito que todas já ouviram essa frase em forma de conselho: “Se ele é um bom filho, será um bom esposo”. Mas não é bem assim não! Ah meu Deus lá vem a doida tentar desfazer uma crença de anos e anos de tradição!!!                      Até acredito que todo bom marido tenha sido um bom filho, mas nem todo bom filho está isento de se tornar um imprestável com as mulheres.

Hoje venho de experiência pessoal. Isso mesmo, dando a cara a tapa, me revelando, exposição total, abrindo meu coração, desabafando… Hahaha          Há um tempo atrás conheci um rapaz durante uma conferência em Minas Gerais. Rapaz que me levava a encher a boca com orgulho pra falar: Ele é HOMEM!!!                                                                             Eu já me sentia livre da carência paterna que me levava a me sentir atraída por homens mais velhos, porém a forma que ele amava uma filha que ele teve na adolescência, contribuiu bastante para meu encanto. 

Resolvemos nos conhecer melhor e nas primeiras semanas de muitas conversas foi só encanto. Muito atencioso, bem humorado, maduro, cuidadoso, preocupado em me ajudar e cuidar, uma forma de assumir uma mulher que…aiii… Um encanto de homem! Eu amava ouvi-lo falar do pai e de como era importante pra ele visitá-lo toda semana e passar tempo conversando com ele até que os dois pegassem no sono no sofá. Lindo perceber que ele tinha orgulho de ter cuidado da mãe até a morte e do quanto ter levado os irmãos mais jovens para morar com ele contribuiu para ele ter uma vida decente por querer dar bons eexemplos e de como era bom ter o quarto da filha ao lado do dele. Eu sempre fui uma bobona encantada pelas coisas simples.

Como não morávamos no mesmo estado, passamos horas no telefone e o dia inteiro trocando mensagens. Ao contrário do que muitos acreditam, relacionamento à distância não nos livra em nada de “cair em tentações”, ao contrário. Em todo caso de não houver vigilância o fogo se alastra e quando se encontram os dois podem ir com muita sede ao pote. E no meu caso o tempo nos deixou armados e pensando nesse reencontro. Enquanto nos empolgávamos com os relatos sobre nossas experiências espirituais, de como tudo começou e sobre tudo que já compreendemos nos versos bíblicos, tudo era puro. Mas sempre nasce o desejo de saber mais e mais da vida íntima e com isso o primeiro passo é a percepção de uma respiração mais intensa do outro lado da linha.

Parece bom, gostoso e o óbvio a se viver quando há atração entre duas pessoas. Até que aquelas sensações tão prazerosas de sentir através da respiração que o outro te deseja, se torna uma obsessão para que um queira sempre mais. É um caminho armado e sem volta direto para uma vida de pecado.

Como em todo relacionamento criamos hábitos e um deles era trocar mensagens até dormir. Como sempre, com o tempo a intimidade cresce e a curiosidade também. Super natural! Só que é chato quando o outro insiste em tocar em assuntos que faz tudo esquentar e de repente você nota que a conversa nem flui mais e tudo que rola é uma insistência para fazer do “lance” um estímulo sexual enquanto você ainda vive e insiste no romance.

O hábito de conversar até dormir começou a mexer com a mente do rapaz e a me incomodar muito. O sono do cara parecia não chegar e sempre repetindo a pergunta: ” Já está na cama?” e com o tempo surgiam outras tipo ” Como você está vestida?” e eu já muito apaixonada para conseguir cortar o assunto de vez. Já não havia diálogo, nem rizadas, nem aquela atenção e preocupação e o carinho parecia ter se transformado em desrespeito.

A paixão, o encanto nos faz fantasiar demais, nos cega e nos faz ver amor onde não tem. E se você sofre de baixa auto estima, vai sempre achar que tem que ir aceitando tudo por não merecer nada melhor e aceitar o que você não quer só irá detonar ainda mais seus sentimentos.

Com isso tudo foi bem difícil  dar um basta naquele relacionamento que não me agradava em nada. Até o momento que ficou bem claro que  ele queria me usar como um estímulante sexual.

A indignação por esse comportamento imoral foi fundamental para tomar a decisão que tanto evitei e essa decisão gerou em mim uma força indescritível e a certeza de que eu não preciso negociar meus princípios pela atenção de um homem imoral.

Como eu estava apaixonada foi um tempo difícil, ele estava totalmente disponível e eu totalmente solitária e a amizade e a atenção que ele me oferecia me fez muita falta. As noites ficaram vazias e eu pensava muito nele. Mas eu estava decidida a não negociar. Sentir falta e chorar nesse caso é  quase inevitável mas resistir fortalece.

O Criador nos fez belas não para sermos estimulante sexual para marmanjos

O que as moças cristãs tem que entender é que estar em um relacionamento com base na santidade exige muito mais que a decisão de esperar o casamento, exige muita cautela. Em muitos casos não há relação sexual mas há o estímulo e algumas moças nem notaram que são apenas objetos e estimulante sexual para rapazes. E levar a imoralidade para o casamento é pedir para viver a desgraça.

Não é fácil vencer ou dizer não quando há uma carência ou uma solidão.  Mas será mesmo que vale a pena viver o descontentamento de quebrar princípios por alguém que só massageia seu ego e sua carne e não incentiva em atitudes sua vida com o Eterno?

Quero te encorajar a vencer e a dizer NÃO. E se por ventura você já venceu e aprendeu algo, quero te encorajar a compartilhar sua experiência pois existe muitas precisando da força que você já manifestou e do aprendizado que você já teve. Não tenha medo ou vergonha! Existem muitas meninas precisando enxergar a armadilha atrás do encanto e muitas outras buscando a força que está em você para dizer NÃO.  Por isso CONTE! Se preferir escreva.

Forte abraço e LEVANTE-SE MENINA

Anúncios

8 comentários sobre “Minha paixão por um imoral

  1. “Se ele é um bom filho será um bom esposo”.Dá as vezes aquele descanso, tipo encontrei o homem certo.
    E semelhante ao que ja vinha questionando em relaçao aos rapazes mostrar um comportamento “exemplar”, de inicio e depois isso acabar em pouco tempo.
    Por exemplo: De inicio o rapaz é um cavalheiro, aquele que afasta a cadeira pra vc, o gentil e o que fala ter “principios”, mas numa simples conversa tudo aquilo é destruido, quando vc passa a conhecer a mentalidade dele.
    Foi o que aconteceu comigo..Minha mae querendo que eu ficasse com um rapaz que mostrava ser o “correto”, mas nem era bem assim..Depois das conversa que tive me surpreende com a postura dele, nao condizer com aquilo que tanto falava sobre Princípios..
    [10h52 13/10/2016] Marine 🍭: Analisar se ele é um Bom Filho, nao é tudo pra ter um relacionamento bom, mas pode ser o começo…
    [10h52 13/10/2016] Marine : E se o carinha poem uma mascara de “certinho” uma hora ela cae..

    Curtido por 1 pessoa

    1. Isso Marine
      O tempo pode ser um bom teste e como Vc disse” um dia a máscara cai “. O problema é que na grande maioria dos casos as moças se deixam levar logo pela emoção e não espera. Incentivo à todas a cultivar um relacionamento íntimo com Deus e Ele trará tudo à tona.
      Obrigada pelo comentário
      Forte abraço!

      Curtir

  2. Boa tarde ,eu amei este texto . Muito falou comigo ,trouxe lembranças e entendimento ao mesmo tempo …quero parabenizar a autora do texto ,pois foi de muita valia sua “exposição” .
    este blog muito tem trago a minha vida e a de algumas amigas que tenho compartilhado ,algo rico e especial que é o nosso verdadeiro valor como pessoas e filhos de Deus.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Amém Fernanda
      Muito bom saber que o Blog tem contribuído para a edificação de muitas. Obrigada por seu incentivo.
      Que o Eterno abençoe sua vida
      Forte abraço!

      Curtir

  3. Bom, me chamo Jéssica, tenho 18 anos, e estou namorando a 1 ao e 7 meses, e digo, como foi dito no texto, com o tempo se cria muita intimidade e depois dos 11 meses de namoro passamos muito dos limites ao ponto de chegarmos ao extremo, nunca houve a consumação de fato, mas podemos dizer que já chegamos “quase lá” desculpes o linguajar mais só não houve penetração. eu poderia terminar e dizer que fui usada e tal, mas será que não foi eu que fiz isso com ele? de uma certa forma nós dois nos usamos, pois ele é católico praticante e eu também, porém eu tenho mais tempo do que ele, e eu mesmo com pouca idade, pois ele tem 22 ano, tinha muito mais noção do erro que estávamos cometendo. Há uma semanas eu não aguentei e conversei com ele e decidimos por parar, estávamos em pecado mortal e esse namoro não agradava á Deus. Conversamos e optamos por mudar nossos comportamos e colocar em pratica, mesmo que pareca tarde, mas nunca impossível, aquilo que já deveria fazer há tempo. E estamos com planos de rezarmos mais juntos, e evitar tudo aquilo que nos leve a cair em pecado. Peço sabedoria há Deus e que Ele nos mostre se esse relacionamento é de sua vontade. Peço oração a todos que estiverem lendo e agradeço desde ja se alguém tiver algo á dizer. Paz e bem!

    Curtir

    1. Oi Jéssica, obrigada por seu comentário e por nos confiar o seu relato.
      A primeira coisa que vc deve saber é: NUNCA É TARDE PARA CONSERTO. O que amamos e o que vale a pena, segundo a vontade de Deus, é bom fazer reformas ao invés de descartar. A segunda coisa é reconhecer os perigos e evitá-los. Ficar sozinho com ele é pedir para pecar. A bíblia ensina que devemos fugir da aparência do mal (1Tessalonicenses 5:22) e que devemos resistir ao diabo e ele fugirá de nós (Tiago 4:7). Ela não nos ensina a resistir as tentações e fugir do diabo pois os desejos da carne são fortes demais para que possamos ficar tentando, devemos fugir dessas tentações e quando formos tentados pelo diabo, ai sim devemos ser resistentes para que ele fuja de nós.
      No mais, Jéssica, entenda que escolher a santidade vai valer a pena.
      Recomendo que leia o texto Quando a imoral sou eu para melhor compreender.
      Que Deus te abençoe e forte abraço!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s